Tempo de Ação

 

junedays

Para falar das perspectivas de um novo ano, é preciso olhar pra trás e fazer um balanço de 2014.

Para a maioria das pessoas, embora o saldo tenha sido positivo, a sensação que ficou é de um ano cheio de uma tensão constante. Confesso que nunca esperei tanto uma mudança de ano.

Em 1º de janeiro,  acordei cedo para caminhar e me deparei com a Romaria de Aparecidinha, que levava a imagem de Nossa Senhora de volta à catedral. Uma demonstrações de fé mais belas que já vivenciei e que fez uma bela analogia do ano que viria: uma caminhada difícil para muita gente e que sem fé, isso seria muito mais difícil.

A romaria de 15km reúne milhares de fiéis  para levar a imagem até a Catedral.

A romaria de 15km reúne milhares de fiéis para levar a imagem até a Catedral.


Em Dezembro, eu contava os dias para que chegasse o meu aniversário (2 de janeiro) e com ele uma resolução de Ano Novo positiva e que trouxesse aquele fôlego que faltou durante todo ano.

Por mais que seja aquela intuição astrológica (tipo uma amiga que diz que ano bom é ano ímpar) eu imaginei um futuro melhor depois daqueles fogos de artifício.

E eu digo que mudou sim. Aparentemente surgiu um ano com sua primeira palavra chave: Gratidão.

Nesses dois primeiros meses, ouvi falar mais do que nos outros 365 dias do ano. Chegou 2015 e com ele veio esse sopro de ar fresco pra todo mundo enxergar o que aconteceu. Foram nas retrospectivas de cada amigo e familiar, que enxergamos tudo que há de bom, mesmo não tendo tempo para prestar atenção nisso enquanto tudo acontecia.

Esse delay a meu ver é que puxou toda essa corrente pela Gratidão.

Gratidão por ter atravessado a tensão de 2014.
Gratidão por acreditar tanto que ia surgir algo de bom de toda turbulência e correria.
Gratidão em aceitar as situações e tirar delas suas lições e aprendizados.
Gratidão por ter oportunidade de plantar coisas boas

2015 : Tempo de Ação

Quanto a 2015, gosto dessas previsões. Levando tudo isso em consideração e os feitos do ano passado, tudo indica que 2015 é o ano da Ação. Fará cada um olhar pra dentro e rever a nível consciente o que precisa ser trabalhado e transmutado. Romper esse karma negativo é um processo de cura. Tudo começa e termina em você. A vida sempre devolve aquilo que você transmite.

O importante é encontrar o seu próprio ritmo para não deixar de perceber as coisas boas no decorrer do caminho e ao superar cada desafio.

A Ação é ao mesmo tempo a corrente e a libertação.

Posted by June

28 anos | Publicitária | Freelancer | Apaixonada por marketing digital, fotografia, culinária, novas culturas e lugares.

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.