Encontre a sua voz

O silêncio pode matar

E mata todos os dias.

Eu, você, mulheres, já passamos por esse tipo de situação pelo menos uma vez na vida. Vozes femininas sendo são silenciadas em relacionamentos abusivos, interrompidas nas relações de trabalho e abafadas na própria família. Em algum momento, calamos a nossa voz ou vimos alguma mulher ao nosso redor passar por isso.

Depois dessa avalanche de notícias, o debate sobre violência contra a mulher retorna, chega mais uma vez ao horário nobre. Mais um nome, mais uma estatística.

Vai além. Chega à nossa roda de conversa. E foi assim, que eu cheguei aqui nesse post de hoje. Aquela conversa com minhas duas amigas ontem, não calou dentro de mim. Ao contrário, ecoou.

Uma delas (@miamachado) disse: cada vez que uma coisa dessas acontece, a gente perde um pouco da gente. E é a pura verdade.

Muitas vezes vamos dando um pouco de nós a cada dia, até que não nos reconhecemos mais. Nos isolamos. Acreditamos que não somos boas o bastante no nosso trabalho, que aquele amor que nos diminui é o amor que merecemos.

E algumas pessoas escolhem não ver. As que enxergam se distanciam. Não sabem lidar. 

O processo de quem vive e quem convive com isso diariamente é difícil.

Dar um ponto final a isso sempre será uma escolha sua.
Mas você não precisa passar por tudo isso sozinha.

Encontrar forças e dar o primeiro passo nesse processo de resgate do seu amor próprio, da sua autonomia é muito melhor quando você busca um suporte seja de um profissional da saúde física, mental, emocional, vibracional ou de amigos e familiares.

Se cerque de pessoas que te valorizam, que te conectam com sua própria voz. 

Encontre sua voz. Fale o mais alto possível. Preencha o silêncio.
Ele mata quando nos calamos.

Em reuniões, os homens são 75% mais propensos a falar do que as mulheres. E quando uma mulher fala, é estatisticamente provável que seus colegas homens a interrompam ou falem dela. Não é porque eles são rudes, é ciência. A voz feminina é cientificamente comprovada como sendo mais difícil para um cérebro masculino gravar. O que isto significa? Isso significa, que neste mundo, onde os homens são maiores, mais fortes, mais rápidos, se você não estiver pronta para lutar, o silêncio irá matá-la. Não deixe que o medo a mantenha calada. Você tem uma voz. Então use isso. Fale, levante suas mãos. Grite suas respostas. Faça-se ouvir. O que for preciso. Apenas encontre sua voz e quando você fizer, preencha o maldito silêncio.  

Essa é parte da narração do episódio 12×09 de Grey’s Anatomy, chamado “O som do silêncio”.  Ele me veio à mente quando comecei a escrever esse texto, pois vai muito além de levantar às mãos numa reunião. Esse trecho se insere num contexto em que Meredith Grey sofre uma agressão (involuntária) de um paciente. Recomendo que você assista, porque é muito sutil e profunda a mensagem desse episódio. 

Lembre-se: você tem uma voz. Use-a. 

Postado por June

30 anos | Publicitária | Freelancer | Apaixonada por marketing digital, fotografia, culinária, novas culturas e lugares.

Deixe uma resposta

Campos Obrigatórios *.